A Prefeitura de Sobral concluiu nesta quarta-feira (23/12), as obras de requalificação da Avenida Dr. Guarany, incluindo o cruzamento com a Avenida Ildefonso de Holanda Cavalcante (Av. Pericentral). A nova obra de controle de tráfego, que foi liberada para o trânsito de veículos no final da manhã de hoje, foi executada após a realocação da estação do VLT, que foi deslocada cerca de 40 metros (no sentido bairro Sinhá Sabóia). 

De acordo com a Coordenadoria Municipal de Trânsito (CMT), o novo cruzamento (antes uma rotatória) vai possibilitar uma melhor fluidez no trânsito naquela área da cidade. 

Para a conclusão da obra a Prefeitura realizou a sinalização horizontal, incluindo faixa de pedestres e placas de sinalização vertical, além de semáforos. 

 

COMO FICARÁ O TRÂNSITO NO CRUZAMENTO

A CMT informa que haverá mudanças nos acessos no novo cruzamento. Dessa forma, para quem vem pela Avenida Fernandes Távora e deseja acessar o Centro da cidade, precisará seguir direto na Av. Ildefonso de Holanda Cavalcante e, no cruzamento com a Av. Dom José, virar à direita. Depois, virar novamente à direita, na Travessa Guarany (por trás do posto São Domingos), para acessar a Avenida Dr. Guarany.  

Já os motoristas que vêm do bairro Coração de Jesus, no sentido Pedrinhas, para acessar a Avenida Dr. Guarany (sentido Derby), precisarão seguir direto e dobrar à direita na rua Oriano Mendes. Depois, é necessário virar novamente à direita, na rua Dr. Figueiredo Rodrigues, para então ter acesso à avenida. 

Quem vier pelo Boulevard do Arco e desejar acessar a Avenida Ildefonso de Holanda Cavalcante (sentido Coração de Jesus) precisará seguir direto pela Avenida Dr. Guarany e, depois, dobrar à direita na rua Eurípedes Ferreira Gomes (sentido AABB) e, novamente, pegar à direita na rua José de Andrade (Pedrinhas), para acessar a avenida. 

Já os motoristas que estiverem no bairro Jocely Dantas (Derby), poderão fazer a conversão no cruzamento tanto à esquerda quanto à direita, além da possibilidade de seguir direto pela Avenida Dr. Guarany. 

A CMT informa que agentes de trânsito estarão no local para orientar os motoristas sobre as mudanças de acesso no novo cruzamento.

Após conclusão da obra de infraestrutura, os jardins filtrantes dos parques da Cidade e Pajeú estão em fase de adensamento e diversificação da vegetação, tanto nos tanques construídos, como diretamente no leito do Riacho Pajeú. Como resultado, já é observada ao final dos 14 tanques construídos, com vegetação em crescimento, a saída de uma água limpa e sem mau cheiro, que é devolvida para o leito do riacho.

A filtração da água (fitorremediação) se dá pelo crescimento das plantas, que absorvem os compostos químicos dissolvidos na água e transformam o que seria poluição em fertilizante para a formação de biomassa vegetal. A zona de raízes por onde passa a água também serve de substrato para colônias de bactérias que transformam compostos nitrogenados tóxicos e geradores de mau cheiro, como a amônia, em nitritos e nitratos, que podem também ser facilmente absorvidos pelas plantas.

Os jardins beneficiam o ecossistema aquático e a qualidade de vida dos praticantes de atividades físicas e cidadãos que residem no entorno da área. Além da funcionalidade na melhoria da qualidade da água, também compõem o paisagismo dos dois parques.

Nos tanques vegetados observa-se a presença de muitas aves que utilizam o espaço do projeto como parte integrante do seu habitat. A presença de vida selvagem é bom indicativo de que os jardins estão bem integrados ao ecossistema natural. Indica ainda que é possível uma união cada vez maior entre o meio urbano com o natural, por meio do investimento em soluções baseadas na natureza.

A expectativa é de que com o pleno funcionamento dos jardins, aliado ao aumento da cobertura do saneamento básico e fiscalização dos lançamentos de efluentes em redes de drenagem, seja possível conquistar a despoluição completa dos rios, riachos e lagoas de Sobral nos próximos anos.

O projeto foi idealizado pela Prefeitura de Sobral e detalhado pelo escritório Hidrobotânica Ambiental. A ação é desenvolvida por meio do Programa de Desenvolvimento Socioambiental de Sobral (Prodesol), financiado pelo Banco de Desenvolvimento da América Latica (CAF).

A Prefeitura de Sobral, por meio da Secretaria da Infraestrutura (Seinf), concluiu a construção de uma passagem molhada na localidade de IDEC, distrito de Jaibaras. 

A ponte possui 110 metros de extensão e vai facilitar a passagem de pedestres, tráfego de veículos motorizados ou não, em faixa simples.

“Essa passagem vai mudar bastante a realidade dessas famílias. Estamos saindo daqui com um sentimento de dever cumprido por ter ajudado a população de IDEC”, afirma David Bastos, titular da Seinf. 

A obra recebeu investimento superior a R$ 428 mil, de recurso do tesouro municipal.

 

A Prefeitura de Sobral, por meio da Secretaria da Infraestrutura (Seinf), iniciou, nesta segunda-feira (14/12), os serviços de limpeza e desobstrução de bocas de lobo no Centro da cidade, local de grande movimentação e, consequentemente, acúmulo de lixo.

Essa é uma ação preventiva, que tem como objetivo evitar alagamentos durante a quadra invernosa que se aproxima. Posteriormente, o serviço será realizado também nos demais bairros.

A Prefeitura reforça que é necessária a contribuição da população, ao evitar jogar papel e outros resíduos nas ruas que possam gerar problemas no sistema de drenagem. Com as vias obstruídas, as bocas de lobo, bueiros e canais ficam impedidos de fazer o escoamento ideal da água das chuvas.

A Prefeitura de Sobral, por meio da Secretaria da Infraestrutura (Seinf), deu início, em setembro, às obras de requalificação da Rua Tabelião Idelfonso Cavalcante, no Centro.

O projeto compreenderá 5.259 m² de área total, sendo aproximadamente 3.400 m² existentes (que será requalificada) e 1.818 m² de área nova construída, que inclui extensão de passeios e inclusão do novo paisagismos, dando espaço a uma nova conjuntura urbanística que se inicia em frente ao prédio central dos Correios e prosseguirá até a Estação Belchior (antiga Feira dos Malandros).

A requalificação contempla ainda a construção de ciclovia, passeios em piso intertravado, bancos em estrutura de concreto e madeira, novos postes, sinalização viária, estacionamento e iluminação em LED.

A obra terá investimento de mais de R$ 1 milhão, com recursos do tesouro municipal.